✿ Desenvolvimento Pessoal Bullet Journal Organização Produtividade

✿ bullet journal de maio + dicas de spreads.

Quem me segue no Instagram (self-promo porque publico lá sempre tudo primeiro do que aqui), já viu como é que fiz o novo spread de Maio para o Bullet Journal. Dei a escolher se preferiam ver um layout mais de astrologia ou mais de natureza. Astrologia ganhou!

Neste mês decidi adicionar detalhes especiais que achei que fizessem sentido para tentar perceber um bocadinho mais de como me sinto. Vou explicar tudinho:

Bullet Journal de Maio 

No primeiro encontro é assim que se vê as primeiras páginas. Devo dizer que estou muito orgulha de mim por ter conseguido fazer este lettering, apesar de ainda precisar de aperfeiçoamento. Não levem a mal os erros, mas detesto usar corretor, por isso é que deixei ficar assim.

bullet-journal-maio-1

Como tenho implementado há uns meses, decidi fazer o planeamento do mês em forma de lista invés de quadrados visto que a) ocupa menos espaço e b) consigo dividir melhor as coisas pessoais das coisas profissionais. Para fazer a decoração, inspirei-me numa imagem do Pinterest que usa este papel de scrapsbook e achei super engraçado a ideia! Uso muito o Pinterest para me dar inspirações para o Bullet Journal. Penso que foi por lá que comecei a ver este tipo de organização. Como podem ver, divido o calendário entre coisas pessoas e aquilo que tenho de fazer relacionado com o blog e projetos maiores que eu tenha.

A página seguinte foi uma ideia que tive de criar uma espécie de resumo e metas mensais que tenha para facilitar a minha memória. Basicamente no início tem hábitos que quero desenvolver, uma lista de tarefas gerais para o mês e três coisas que não me posso esquecer. O resto da página é para fazer um apanhado de livros, filmes, podcasts, música e séries que consumi nesse mês. Julguei que criar esta página fazia todo o sentido para me lembrar daquilo que via, ouvia ou lia durante o mês e para me situar quando é que vi se precisar de referenciar.

O que mudou este mês no Bullet Journal?

Eu criei uma dutch-door: uma folha colada em algum sítio da página que serve como extensão ou separação das tuas páginas já escritas. Neste caso, é uma extensão. Podem pesquisar vários exemplos no Google ou Pinterest e vão se encantar com os resultados. Eu tinha criado uma no meu habit tracker no início do ano e adorei o efeito. O papel que tinha sobrado de ter feito isso serviu para agora usar.

DICA: Guardem sempre todos os pedaçinhos de papel de qualquer tipo, dá sempre para decorar o Bullet Journal.

Por baixo da dutch-door decidi colocar o espaço de gratidão. Antes ocupava a página toda, mas achei que era espaço a mais então encurtei. No outro lado da “portinha” que criei decidi fazer um rastreio de hábitos mais direcionado para o meu bem-estar. Tentei incluir todas as coisas que podem afetar o meu humor para tentar compreender os meus comportamentos. Ora, os desejos de certas comidas, o comer demasiado, o nível de água de bebo, se faço exercício ou não, se ando stressada, o meu humor geral, se estou menstruada ou se me senti produtiva, tudo isto influencia-me de alguma forma. Aprender a estudar os meus comportamentos e humores que tenho tornou-se uma prioridade para mim para me entender melhor.

A melhor forma para me organizar.

Eu descobri uma coisa que me tem vindo ajudar I-M-E-N-S-O desde o início do ano: fazer listas de afazeres para cada categoria da minha vida. Costumava fazer uma lista enorme de coisas que tinha de fazer e sentia-me sempre sobrecarregada e sem saber por onde começar. Além disso, quando fazia umas coisas, esquecia-me das outras que tinha para fazer. Lembrei-me, em janeiro, de separar por categorias essa lista toda. As categorias que usei, na altura, foram: vida pessoal, carreira/negócio, aprendizagem, saúde/fitness, finanças, redes sociais, escrita/livros e lazer/conviver. A questão é que fazia numa folha à parte do Bullet Journal e, muitas vezes, sentia que era um contratempo tone que tinha criado.

Este mês decidi juntar o útil ao agradável e adicionei nas duas folhas seguintes para me organizar para a primeira semana do mês. Assim, foi a melhor coisa que fiz até hoje. No entanto, não excluí os dias da semana porque percebi que precisava, na mesma, de uma organização semanal para saber o que fazer em casa dia. Ao separar por categoricamente e semanalmente traz a estabilidade que precisava e que não sabia que era tão fácil obter. Além disso, há coisas que podem aparecer de repente e é bom saber em que dia da semana.

Podes, ainda, ver como fiz o Bullet Journal para 2020 e como o estou a usar para o meu desenvolvimento pessoal.

Estou super feliz como o Bullet Journal ficou e sinto que me está ajudar imenso a ganhar alguma estrutura nestes tempos estranhos e desconhecidos.

Se recriarem ou tiverem um Bullet Journal, não se esqueçam de mandar-me para eu ver, adoro ver estas coisas fofinhas que criamos! Se tiveres alguma dica que queiras dar para melhorar o Bullet Journal, podes comentar abaixo que eu aceito sempre dicas!

Espero que fiquem bem,

até já.

Lê também

Sem Comentários

    Diz o que pensas! ;)

    %d bloggers like this: